Livro 'Atores coletivos em tensão' é lançado em Curitiba

Data da publicação original:
.
Veiculado originalmente por:
.
especial para
Lab Jornalismo 2050®.
Imagem:
Vinícius Sgarbe
Vinícius Sgarbe
/
Lab Jornalismo 2050
.

Os professores e pesquisadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Kelly Prudencio (ao centro), Carla Rizzoto, e Rafael Cardoso Sampaio publicam o livro “Atores coletivos em tensão”. Nos últimos anos, os três doutores revesam papéis proeminentes na Federal, dentre eles os de coordenadores de programas de pós-graduação. Nos prédios do Juvevê e da Reitoria são figuras recorrentes.

O prefácio do “Papa” da comunicação política, Wilson Gomes, traz: “Como sempre digo, vivemos um laboratório a céu aberto de experiências políticas inovadoras, de grande impacto (para o bem e para o mal) e aceleradas. Prestar atenção em tudo, manter a mente aberta e reforçar as convicções são atitudes essenciais (…)”.

Há textos dos jornalistas e pesquisadores Helen Anacleto (colega de mestrado), Nilton Kleina (colega de CBN), e do cientista social Bruno Nichols (amigo de leito de morte), e de uma lista memorável.

No conselho científico está a coordenadora do curso de jornalismo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Suyanne Tolentino de Souza.

Suyanne foi minha professora de televisão na graduação, Kelly e Carla de Teoria do Reconhecimento, e Rafael é meu orientador na comunicação política. Para a dissertação, preparamos algo sobre ameaças de assassinato contra juízes.

Referências

No items found.

Outras publicações

Conteúdo licenciado sob
CC BY-NC-SA 4.0
Lab Educação 2050 Ltda
47.078.846/0001-08