Cândido Machado Neto

Formação
No items found.

Formação

No items found.

Experiência

Clientes

Reconhecimentos em ordem aleatória

Fernando Parracho

Jornalista

Conheci o Vinícius Sgarbe no Projeto Trainee da RPC, talvez uns 12 anos atrás. Embora eu seja tão ruim de memória quanto de matemática!

Logo me impressionou o seu talento, seu nível intelectual, formação e senso de humor. Mais tarde, nos encontramos novamente quando ele trabalhou no G1. Compartilhamos boas conversas na redação, nos intervalos da produção, das gravações e naquela correria das notícias, que às vezes nos coloca numa apneia forçada.

Lembro de uma vez em que nos encontramos por acaso na Ilha de Superagui. Ele estava de férias e eu tinha ido fazer uma reportagem solo. Eu e a câmera. Foi num verão. Vinicius me ajudou nas gravações, sugeriu tomadas, me auxiliou até nas entrevistas com um grupo que caminhou conosco pela praia de mar aberto. Trocamos relatos de vida e do momento que cada um vivia. As nossas conversas sempre foram cheias de significado, às vezes densas, outras vezes leves, recheadas de sorrisos.

Tenho acompanhado a trajetória do meu colega, que também se tornou amigo. Ele já fez cinema, tem um texto impecável, já empreendeu viagens de cunho espiritual e os nossos amigos e amigas em comum são pessoas interessantes e de um nível profissional admirável. Nenhuma palavra é suficientemente adequada para transmitir minha admiração e respeito pelo Vinícius Sgarbe. Existe um laço que nos liga sem que a gente saiba exatamente a origem. Pode ser a fita flexível onde os corajosos se equilibram nas alturas. Pode ser uma corrente que suporta o peso da vida. Pode ser um fio invisível, talvez muito mais forte e resistente do que a matéria física, palpável e passível de explicação. E, se me permitir um deslize piegas mas verdadeiro, sou fã desse cara.

Noticiário
Televisão

Dayana Belmont

Diretora da Aliança Francesa de Campinas (SP)

Eu conheci o Vinícius em um CV impresso. Em seu alinhamento de palavras, despertou minha curiosidade. Um refúgio de letras vindo de um universo que só ele sabe inventar. Eles traz um amor a prova de ódios. Nem tudo se entende num Vinícius desses — um ser que conta verdades que eu não entendo (sempre), mas que consegue tornar reais. Um Vinícius desses cria um bem para uma humanidade que sofre e que precisa saber o quão o nada pode ser tudo. O pleno do Vinícius preenche uma folha de papel ainda vazia. Ele dá espaços e liberdade para os loucos — todos — sem julgar porque faltaram pedaços de si quebrados por aí. Ele conserta as imaginações mais mais confusas. É isso — Vinícius é um consertador de imaginações ainda por nascerem. Ele — eis — um iluminador de folhas em branco. E é assim, numa folha de papel que eu trago meu depoimento, sem mais, nem menos, sem tradução.

Apresentação
Cinema
Televisão
No items found.